Animais e plantas: os cuidados que você deve tomar

Cães e gatos são curiosos e adoram “investigar” jardins e vasos. Cavam, cheiram e, muitas vezes, esfregam o pêlo na terra e nas plantas. Se forem filhotes, então, aí a diversão aumenta! Afinal, imagina que delícia mordiscar flores e folhas coloridas! Mas algumas plantas, apesar de belas, são tóxicas e podem causar até a morte do animal, dependendo do tipo de contato que ele tenha com a tal plantinha.

Mas isso quer dizer que você tem que abrir mão do sonho de ter um lindo jardim e um cãozinho correndo livremente por entre suas flores? Não, claro que não. Basta escolher bem que plantas ter e, principalmente, quais não ter. E, na dúvida, deixe-as fora do alcance dos seus animais.

Segue abaixo uma lista de plantas tóxicas, elaborada pelo blog “Bichinhos precisam de um lar”. Ao comprar uma plantinha, confira se ela não está na lista!

Plantas tóxicas para cães e gatos

Alamanda (Allamanda cathartica)
A parte tóxica é a semente.

Amarílis ou Açucena (Hippeatrum hybridum)
A parte tóxica é toda a flor (bulbo).

Antúrio (Anthurium sp)
A parte tóxica é toda a planta.

Arnica (Arnica Montana)
A parte tóxica é a semente.

Arruda (Ruta graveolens)
A parte tóxica é a planta toda.

Avelós (Euphorbia tirucalli L.)
A parte tóxica é toda a planta.

Azaléia (Rhododendron spp)
As partes tóxicas são as folhas, flores e nectar.

Beladona (Atropa belladona)
As partes tóxicas são flor e folhas.

Bico de papagaio (Euphorbia pulcherrima Wiild.)
A parte tóxica é toda a planta.

Buxinho (Buxus sempervires)
A parte tóxica são as folhas.

Comigo ninguém pode (Dieffenbachia spp)
As partes tóxicas são as folhas e o caule.

Copo de leite (Zantedeschia aethiopica Spreng.)
A planta é toda tóxica.

Coroa de cristo (Euphorbia milii)
A parte tóxica é o látex.

Costela de Adão (Monstera deliciosa)
As partes tóxicas são as folhas, caule e látex.

Cróton (Codieaeum variegatum)
A parte tóxica é a semente.

Dedaleira (Digitalis purpúrea)

As partes tóxicas são flor e folhas.

Espada de São Jorge (Sansevieria trifasciata)
A parte tóxica é toda a planta.

Espirradeira (Nerium oleander)
A parte tóxica é a planta toda.

Esporinha (Delphinium spp)
A parte tóxica é a semente.

Fícus (Ficus spp)
A parte tóxica é o látex.

Filodendro (Philodendron bipinnatifidum)
A parte tóxica é toda a planta.

Hortênsia (Hydrangea macrophyla)
As partes tóxicas são as folhas e o broto.

Jasmim manga (Plumeria rubra)
As partes tóxicas são flor e látex.

Jibóia (Epipremnun pinnatum)
A parte tóxica são as folhas, caule e látex.

Lírio da paz (Spathiphylum wallisii)

As partes tóxicas são as folhas, caule e látex.

Madressilva (Lonicera japonica)
A parte é a flor.

Mamona (Ricinus communis)
A parte tóxica é a semente.

Mandioca brava (Manihot utilissima Pohl)
As partes tóxicas são as folhas e raiz.

Mandrágora (Mandragora officinalis L.)
A parte tóxica é toda a planta.

Narciso (Narcissus cyclamineus)

A parte tóxica é flor (bulbo).

Olho de cabra (Abrus precatorius)
A parte tóxica é a semente.

Pinhão paraguaio (Jatropha curcas)
As partes tóxicas são semente e fruto.

Pinhão roxo (Jatropha curcas L.)
As partes tóxicas são as folhas e frutos.

Robinia (Robinia pseudoacacia)
As partes tóxicas são as folhas e raiz.

Ruibarbo (Rheum rhabarbarum)
As partes tóxicas são as folhas.

Saia branca (Datura suaveolens)
A parte tóxica é semente.

Saia roxa (Datura metel)
A parte tóxica é semente.

Samambaia (Nephrolepis polypodium).
A parte tóxica são as folhas.

Taioba brava (Colocasia antiquorum Schott)

A parte tóxica é toda a planta.

Tinhorão (Caladium bicolor)
A parte tóxica é toda a planta.

Vinca (Vinca major)
As partes tóxicas são a flor e folhas.

Outras plantas a serem evitadas, também tóxicas:

. Aloe Vera (Babosa)
. Cheflera (Schefflera arboricola)

. Jarro dos campos (Arum maculatum)
. Meimendro (Hyoscyamus albus L.)
. Mezereão ( Daphne mezereum L.)
. Morrião (Morrião nome científico)
. Oleandro (Nerium oleander)
. Orelha-de-elefante (Albo-marginata)
. Poinsettia (Euphorbia pulcherrima)
. Ranúnculo Redodendro ( Rhododendron)
. Rícino (Ricinus communis L.)
. Salsaparrilha (Smilax papyracea Poir)
. Solanáceas (Beladona)
. Tremoço (Lupinus)
. Tulipa (Tulipa hybrida)
. Trombeteira (Brugmansia suaveolens)

Importante: Caso suspeite de uma intoxicação, leve rapidamente seu animal ao veterinário. Não confie em receitas ou métodos caseiros, pois cada tipo de intoxicação demanda um tratamento específico e só o médico saberá exatamente o que fazer. Se for possível, leve uma folha da planta que o animal ingeriu, para facilitar o diagnóstico.

Leave a Reply

7 Comentários

  1. Pingback: Animais e plantas: os cuidados que você deve tomar | Blog da Lista Gatos

  2. yemagh

    gente, quem tiver quintal grande com arvores tambem deve tomar cuidado, se tiver mangueira nao deixe os cachorros mastigarem as sementes de manga. eles podem ate comer a manga mas nao mastigar o caroço pq tem um veneno dentro que pode matar o cachorro entao se tiver, cate todas as mangas, se quiser pode cortar e dar alguns pedaços para o bichinho se ele gostar mas nao deixe ele pegar os caroços!

  3. Pingback: Amigo Não se CompraDicas para cuidar do seu cão - Amigo Não se Compra

  4. Pingback: Por que cães e gatos gostam de comer grama?

  5. Pingback: Aprenda como agir nos casos de envenenamento animal

  6. Pingback: 14 dicas que deixam sua casa mais segura para seu pet

  7. Pingback: Pet Brasil: Dicas para cuidar do seu cão

Next ArticleBella: uma surpresa no capô do carro