Os gatos devem ou não usar coleira com guizos?

Existe um grande debate sobre a necessidade do guizo nas coleiras dos gatos, alguns julgam desumano, outros, consideram normal. Se você reparar é muito, muito difícil encontrar uma coleira de gato sem o famoso guizo, então, por que será que uns julgam fazer mal se quase todas têm?

Antes de a gente entrar propriamente no assunto, vamos saber como surgiu a ideia do guizo nas coleiras?

Bem, a data exata em que se começou o uso dos guizos no gato eu não consegui descobrir, mas sei que isso existe há tantos anos que fizeram até uma fábula!

A Assembleia dos Ratos – Fábula de esopo – Fabulista grego do século VI a.C. –
Era uma vez uma colônia de ratos, que viviam com medo de um gato. Resolveram fazer uma assembleia para encontrar um jeito de acabar com aquele transtorno. Muitos planos foram discutidos e abandonados. No fim, um jovem e esperto rato levantou-se e deu uma excelente ideia:
-Vamos pendurar uma sineta no pescoço do gato e assim, sempre que ele estiver por perto ouviremos a sineta tocar e poderemos fugir correndo. Todos os ratos bateram palmas; o problema estava resolvido.
Vendo aquilo, um velho rato que tinha permanecido calado, levantou-se de seu canto e disse:
– O plano é inteligente e muito bom. Isto com certeza porá fim à nossas preocupações. Só falta uma coisa: quem vai pendurar a sineta no pescoço do gato?

O uso do guizo no início se deu como forma de controle populacional. Os gatos são ótimos caçadores e a quantidade de felinos que vive nas ruas, ou que até tem um dono mas tem acesso às ruas, cresce a cada dia. Essa questão não é de hoje, é bem antiga. Enfim, os gatos não caçam somente ratos, mas pássaros e alguns considerados raros. Assim, começaram a colocar guizo nas coleiras. Os gatos vão em direção os pássaros, o sino do guizo dá o alarme e eles podem fugir.

Guizo, um objeto ultrapassado

Já se imaginou 24h/dia ouvindo um barulho diretamente na cabeça? Deve ser muito irritante! Enlouquecedor! Por isso, muitos médicos veterinários abominam o uso desse objeto.

Confesso que em minhas pesquisas para esse post não encontrei nenhuma matéria que comprovasse que um gato desenvolveu surdez devido ao uso do guizo, mas encontrei vários depoimentos de pessoas que afirmam que o gato ficou meio desnorteado usando e por isso os donos acharam melhor retirar da coleira.

O uso do guizo é cômodo pois a pessoa pode saber onde o gatinho está e os outros animais que ele possivelmente caçaria tem tempo de fugir, evitando por exemplo, um presente de grego como um pássaro morto ou barata na cama pela manhã. Mas existe uma solução, se a preocupação for mesmo essa.

Coleiras de cores neon! Simples né? Essas cores fortes, avisam os predadores da proximidade do felino ao mesmo tempo em que protege o bichano de ficar 24 horas por dia com barulho na cabeça.

Existe também uma coleira luminosa, não é fácil de encontrar mas vale a pena comprar. Ela brilha no escuro e ao mesmo que atrapalha sua caça, também o protege nas ruas.

led-collorsEssa coleira em led, você pode encontrar aqui.

No entanto, depois de tantas funções não muito boas para o guizo, para quem é cego e tem um gatinho, um guizo pode ser muito útil para ele saber onde o gatinho se encontra.

Escolha bem a coleira para seu gato

A coleira é importante pois é nela que você vai colocar a identificação do seu peludo, mesmo que ele não saia de casa é importante ter uma coleira com identificação, pois um dia ele pode fugir e sem identificação fica muito difícil encontra-lo de novo, então:

  • Dê preferência a uma coleira peitoral, pois ela evita enforcamentos;
  • Se usar coleiras tradicionais, escolha uma com elástico, evitando assim que ele fique preso em algum lugar;
  • Não aperte demais a coleira. Ela deve ser justa, mas nunca apertada.

Que experiências você já teve com guizo? Conta pra gente aqui nos comentários!

Espero que tenham gostado do post de hoje!

Semana que vem a gente volta com mais dicas e cuidados, até lá! 🐱

Fontes
  • http://asfabulasdeesopo.blogspot.com.br/2009/04/assembleia-dos-ratos.html

 Banner Amigo adotar

Leave a Reply

14 Comentários

  1. Natalia

    Adorei esse post. Muito fofa a fábula!! Aqui em casa eu sempre tiro o guizo da coleira deles, e coloco uma plaquinha de identificacao com o nome deles e o meu telefone.

    • Fabiana Xavier

      Olá Natalia, tudo bem?
      Faz muito bem, os guizos não estão com nada!
      Abraços!

  2. Helder

    Não seria bem pior tropeçar no gato e feri-lo seriamente (fraturas, etc)? Há muitos gatinhos que adoram seguir o dono pra cima e para baixo, como o meu. Várias vezes já ocorreu de tropeçar nela, pisar nela sem querer etc. E qual importância para um gato doméstico caçar baratas e ratos? Vocês realmente querem que seus gatos comam uma barata que já pode estar envenenada? Sem falar na quantidade de bactérias e outras porcarias que essas pragas carregam. Já não damos ração de boa qualidade para os gatinhos, para que fazer ele comer porcaria da rua? Se vocês acham que baratas e ratos não podem fazer mal a ele, gostaria que vocês também passassem a comer ratos e baratas, já que é tão saudável assim então não irá fazer mal algum a vocês. Na natureza eles caçavam esses bichos, mas na cidade essas pragas são muito mais sujas e perigosas (esgoto, lixo, etc). E não me venha com essa de que o estômago do bichinho é mais resistente, pois sabemos muito bem que não é assim que funciona. Para que arriscar?

    • Natalia Kelbert

      Helder, se você não quer que o gatinho coma insetos e outros bichos, pode usar as coleiras de neon que o próprio texto cita. Elas espantam os animais mas sem deixar o gatinho perturbado com o som que o guizo faz 24h por dia.

  3. Débora

    Como o Hélder disse, existe gatos que gostam de acompanhar o tutor pra onde eles vão. Oq é o caso da minha gatinha também, pelo fato dela ser filhote é bem complicado notar a presença dela. Houve várias vezes em que alguém tropeçou nela, eu mesma já pisei na patinha dela sem querer por conta dela viver atras de mim. E por ela ser pequena ainda ela se enfiar em lugares pequenos, se aconchega no cobertor e fica difícil de vê-la. Então optamos por deixar o guizo na coleira e pra ser sincera nos ajuda bastante! Sei sempre onde ela está. Sem falar que aparentemente ela não se incomodou nem um pouco em ter um guizo, na verdade ela adora brinquedinhos que fazem barulho.

    • Fabiana Xavier

      Olá, Débora!

      Respeito sua opinião. Mas o guizo não faz bem para a audição do gato, ainda que ele não apresente incômodo com o uso.
      Repare que você faz uso do guizo por um comodismo seu, não necessidade do animal (mas reafirmo, respeito sua opinião).
      No entanto, gostaria de sugerir o uso das coleiras neon, que não causam danos e apontam onde eles se encotram.

      Um abraço! :)

  4. Ana Carolina

    Sinceramente, eu compro a coleira pela aparencia. Compro aquela que achar bonitinha. Muitas vezes as escolhidas tinham guizo, e a Pandora nunca demonstrou algum desconforto. Já a Misty não curtiu quando coloquei a coleira de guizo, então procurei alguma outra que não tivesse o sininho. Acho que vai do gatop, alguns gostam, outros não. Já meu veterinario, nunca opninou contra o uso da coleira de guizo

    • Olá, Ana Carolina!

      Todas as coleiras que compro pra minha Ruby também vem com o guizo, mas quando eu acho bonita compro assim mesmo e retiro oguizo quando chego em casa.
      Eu fico imaginando um sino tocando na minha cabeça 24h dia, deve ser muito ruim e estressante…
      Mas nosso espaço é aberto à todas as opniões e respeito sua decisão em manter.

      Um abraço!

  5. Vivian

    Tenho um gato com 13 anos que sempre nos acompanha (entra de repente na nossa frente..essas coisas de gato), claro que já nos “tropeçamos” mas ele nunca saiu ferido, eles são ligeiros.. Com certeza ele prefere essas raras “trombadas” com os humanos do que ficar com um tormento sonoro nos ouvidos sensíveis dele a todo momento.
    NÃO A ESSE GUIZO NAS COLEIRAS!!!!

    • Olá, Vivian!

      Concordo com você! Guizos diariamente, devem ser um tormento enorme para eles!
      Parabéns pelo carinho com seu gatinho!

      Um abraço!

  6. Tatiana Domingos

    Realmente. Concordo que os guizos podem desorientar o gato, o que não é nada bom nas suas andanças por aí, então retiro quando compro a coleirinha. Mas com a minha menorzinha não adiantou porque ela é a única que ainda usa a plaquinha do RGA e a plaquinha que eu mandei gravar pra ela com nome e telefone ( os outros já perderam) e as duas plaquinhas devem fazer um som maior que o dos guizos… Rs

    • Fabiana Xavier

      Olá, Tatiana!

      Entre uma plaquinha e outra, você pode colocar um pedinho (bem pequenino mesmo) de tecido bem fiino, como malha. Dessa forma, não vai fazer barulho ao encostar uma na outra. Falei malha, mas acho que pode ser qualquer tecido fino que não atrapalhe na leitura das plaquinhas e seja leve.
      Sobre desorientar os gatinhos nas andanças, o legal é ele não sair para as voltinhas. Muitas coisas ruins podem acontecer. O ideal é telar as janelas e investir em brinquedinhos para que ele possa se distrair em casa.

      Um abraço!

  7. Bom dia estimados apreciadores de animais, neste caso os gatos. Vejamos, o homem gosta destas especies quando nao tem filhos para se alegrar com eles, mas se tem filhos acha que se nao vai ter muitas despesas. Resultado final, o home morre por escessos de pecados. Cheio de inveja e luta para chegar no reino dos ceus. Tudo que tem vida deve ser amado e respeitado. Alcidio, de Mocambique, contacvel pelo nr 848832382.

  8. Meu gato ama o sininho. Existem alguns que são muito barulhentos e realmente incomodam. O que ele usa hoje só faz barulho quando ele ta pulando em algum lugar ou sai correndo, fora isso não faz nenhum barulho.

Next ArticleVeja o que fazer com os gatos durante a gravidez