Rabisco e Rabisca: os cinzentos que deixam a vida mais colorida

“Esses são a Rabisca e o Rabisco. Apesar de ser o mais novo, ele chegou aqui em casa primeiro. Uma amiga do meu namorado, o Amure, encontrou um gatinho cinzento na rua e logo levou pra casa. O problema é que as meninas com quem ela morava não quiseram o gatinho. Aí o Amure, que já estava querendo um bicho há um tempo, topou ficar com ele na mesma hora! Ele também morava em um apartamento com mais três pessoas, mas ali o Rabisco fez o maior sucesso. Por ser cinzento e descabelado, parecia mais um rabisco mesmo, por isso ganhou esse nome. E quando resolvemos morar juntos, na mesma hora eu falei: o Rabisco vem junto!

Continue reading…

Por que adotar?

Adotar um bichinho traz benefícios tanto para ele quanto para o adotante. A palavra adoção já diz tudo: de origem latina, adoção = ad + optareAd = aproximação no tempo e no espaço e optare = opção.  Assim, ao adotamos um bichinho, fazemos a escolha de estar bem pertinho dele.

No Brasil, ainda existe um grande abismo entre o número de animais abandonados e aqueles que são efetivamente adotados. Se você quer ter um amigo de quatro patas, por que não unir o útil e agradável e ajudar a melhorar essas estatísticas? Os benefícios são grandes: carinho, companheirismo, senso de responsabilidade e compartilhamento, diminuição do abandono de animais de rua, entretenimento, companhia, inspiração.

Continue reading…