Toxoplasmose e gatos, mito ou verdade?

3026588853_0238598ac4_o
A gente sempre ouve de alguém que os gatos transmitem toxoplasmose e por esse motivo muitas pessoas nem gostam de gatos.

Mas você sabe o que é essa doença? Sabe realmente como se contamina e como os gatos foram envolvidos nessa conversa? Continue lendo e descubra tudo!

O que é toxoplasmose?

cats

Toxoplasmose é uma doença infecciosa, congênita ou adquirida causada por um protozoário chamado Toxoplasma gondii. Esse protozoário é facilmente encontrado na natureza, em animais de estimação e de produção, incluindo suínos, bovinos, caprinos, aves, felinos e animais silvestres. Pode causar infecção em grande número de mamíferos e pássaros em qualquer lugar do mundo!

Formas de contaminação

verduras

Só existe uma maneira de se contaminar, que é pela ingestão dos oocistos e isso ocorre das seguintes maneiras.

  • Ingestão de água contaminada
  • Alimentos não higienizados,
  • Saladas cruas não lavadas
  • Levar as mãos sujas à boca
  • Ingestão de carnes cruas ou mal passadas

Existem outras maneiras, mas é quase que insignificante como por exemplo, ingerir leite cru de cabra. É raro pois a cabra precisa se infectar durante o período de lactação para que exista a chance de passar os taquizoítos para o leite. E vivendo como vivemos nos dias de hoje, a gente normalmente consome leite de caixa ou em pó que são produtos tratados e esterilizados.

A toxoplasmose pode ser transmitida de mãe para filho, mas não se transmite de uma pessoa para outra ainda que possamos pegar de um animal, na verdade, através de suas fezes já contaminadas.
Como já falamos, existem uma gama de animais que podem transmitir a toxoplasmose mas os gatos levam a fama pois é o animal que mais temos contato com as fezes.

Os gatos e a toxoplasmose

kitten-588148_1280

Então vamos lá, os gatos podem ser hospedeiros mas não necessariamente transmitir a doença. Os cistos são eliminados pelas fezes dos gatos mas depois de eliminada precisa de, pelo menos, um dia para se tornar infectante, então se você tem um gato e limpa a caixa de areia dele pelo menos uma vez ao dia, não permitirá que a ovulação se complete evitando assim a doença, isso caso seu gato seja um hospedeiro.

Estou deixando a questão de seu gato ser hospedeiro em subjetividade porque hoje em dia, os gatos caçam cada vez menos. Até quando alguém tem um gato e pratica a criação livre, ou seja, deixa que ele saia para sua ronda, eles provavelmente não vão caçar. Vão brincar, namorar, correr atrás de uma folha e outra, subir em árvores, enfim, na hora de comer mesmo vão voltar para casa. Já estão acostumados com ração e não se contaminam.

Os gatos de criação in door, ou seja, dentro de casa sem acesso a rua, não apresentam nenhum perigo mesmo, basta tomar os cuidados de higiene comuns a todos. Isso inclui limpar a caixa de areia diariamente, lavar o bebedouro e comedouro e manter a higiene da casa como um todo.

Mesmo que seu gato seja um portador da doença, não é motivo para espanto. Basta limpar a caixa de areia como já falamos e lavar bem as mãos após cada contato com a caixa de areia e por ventura, urina ou fezes do animal. Água e sabão são o suficiente para que a doença não se propague e contamine alguém.

Toxoplasmose e as grávidas

gato-e-gravida

É claro que as mulheres grávidas precisam tomar cuidado com uma série de coisas e isso inclui o uso de medicamentos, determinados alimentos que precisam incluir na alimentação,  atenção com os exercícios e por aí vai. Serão 9 meses de mudanças físicas e emocionais.

Não estamos aqui dizendo que a doença não exista e que ninguém precisa se preocupar. A toxoplasmose na gravidez é muito grave pois pode ser passada para o bebê. Isso pode acarretar em um aborto espontâneo ou morte após o nascimento. Procure um médico ginecologista na primeira suspeita de gravidez e não deixe de realizar o pré-natal!

O que querermos mesmo dizer é, não abandone seu gato quando souber de uma gravidez ou quando seu bebê chegar!

A higiene é a parte fundamental que vai evitar a contaminação. Você só pode contrair toxoplasmose do gato, se ingerir suas fezes contaminadas. Basta água e sabão e tudo ficará bem.

Os gatos levam uma fama maior que o necessário. Sim, eles podem ser hospedeiros, mas preste atenção na fala do veterinário-chefe do Vet Quality, Dr Toscano em entrevista ao site de notícias UOL “o cisto da toxoplasmose só é liberado durante até três semanas da infecção do gato, então teria que coincidir o gato contaminado com a doença no momento da gestação da mulher e, durante estas três semanas, ela ter algum problema de higiene que fizesse com que tivesse contato com o protozoário. Passadas as três semanas, mesmo que o animal esteja infectado, ele não vai liberar o cisto.”

Mesmo o cisto sendo liberado, ele precisa de 24 horas para se tornar infectante. O que nos leva novamente a questão da higiene. Se você limpar a caixa de areia pelo menos uma vez ao dia, não ocorrerá risco de contaminação.

Viu só? Existe muito mais mito que verdade na questão da toxoplasmose e o gato.

Sintomas

kid-364573_1280

Se por ventura você tem o hábito de colocar as mãos sujas na boca, come carne mal passada ou qualquer outra mania citada lá em cima nas formas de transmissão, preste atenção nestes sintomas.

Nos adultos os sintomas passam quase que despercebidamente, no entanto, pode acontecer de pessoas extremamente saudáveis apresentarem:

  • Sintomas parecidos com gripe
  • Dor de cabeça
  • Coriza
  • Dor no corpo
  • Febre
  • Fadiga
  • Dor de garganta
  • Manchas pelo corpo
  • Ínguas pela pele

Em pessoas que já tem algum problema grave com imunidade como os portadores de HIV, podem surgir:

  • Problemas de coordenação
  • Convulsões
  • Confusões mentais
  • Visão turva
  • Infecções respiratórias como pneumonia  e tuberculose

Em bebês os sintomas se apresentam de formas diferentes e podem ocorrer:

  • Pulmões e baço em tamanhos maiores que o normal
  • Convulsões
  • Amarelamento da pele e dos dentes
  • Infecção nos olhos
  • Retardo mental

Na maioria das vezes os bebês que nascem com toxoplasmose só apresentam sintomas na adolescência.

Tratamento

mujer-amamantando-bebe-y-tocando-gatos

Foto: Ivette Ivens

Se você contraiu toxoplasmose, calma. Hoje existem uma gama de medicamentos que tratam a doença. O médico vai administrar o medicamento de acordo com os sintomas. O exame que confirma a doença é realizado em laboratório através de sangue.

Se ainda tiver alguma duvida, assista este vídeo realizado pela Universidade Estadual de Londrina.

 

E aí, gostaram da matéria? Deixe suas dúvidas e experiências nos comentários!

Semana que vem voltamos com mais dicas e cuidados para vocês, até lá! 🐱

 

Fontes:

Leave a Reply

2 Comentários

  1. LuciANNA

    E se a pessoa beijar um gato? Já que eles se lambem a todo momento o pêlo não poderia ficar contaminado?

    • Fabiana Xavier

      Oi Lucianna, de tudo que pesquisei para fazer a matéria não encontrei nenhum caso de alguém que tenha se contaminado ao fazer carinho ou beijar seu gato. A língua deles é bem áspera e serve para se higienizar mas não espalha as bactérias.
      Quanto a toxoplasmose, a última pesquisa feita no Brasil foi em 2011 e nela consta que menos de 1% dos gatos criados em casa sem acesso à rua, onde seus donos não oferecem carne crua transmitem a doença.
      Agora, evite beijar seu gato na boca. Tanto nossa boca quanto a deles contém bactérias onde nem nós, nem eles somos imunes, ou seja, tanto podemos nos contaminar, quanto contaminar através de contato direto com certas mucosas.
      Abraços! :)

Next ArticleAnimais e crianças, existe uma combinação melhor?