Vai viajar? Confira o que não pode faltar na mala do seu cachorro

Janeiro é um mês delícia pra viajar! É um mês de férias, de muito sol e família reunida. Então, ponha o pé na estrada e se divirta muito, mas não esqueça de levar seu peludo. Afinal, seu melhor amigo não pode ficar de fora das férias e diversão em família né?

Confira abaixo o que não pode faltar na mala do seu peludinho, opções de passeios super bacanas para ele te acompanhar e mais um monte de dicas legais!

Você já sabe onde vai passar as férias? Se a viagem for de carro ou ônibus, existem umas normas que você precisar seguir para levar seu peludo em segurança. Confira tudo aqui.

Agora, se a viagem for de avião, os procedimentos são diferentes. Isso inclui viagem nacional e internacional, cada uma tem um procedimento específico e esses procedimentos também podem variar de acordo com a companhia aérea. Saiba mais sobre como viajar de avião levando seu peludinho aqui.

Mas se você é daqueles que não planeja a viagem com antecedência e deixa pra pensar no destino na última hora, fique tranquilo! Temos ótimas sugestões de passeios! Você não achou que a gente ia furar justo com o roteiro né? Confira aqui lugares que são ótimas opções para ir com toda família, e claro, isso inclui seu peludinho.

Outa coisa importante que é preciso ser definida é o que levar de bagagem. Se o destino for um lugar quente, não pode faltar filtro solar. Se você for para um local frio, não esqueça o cachecol, mas e a mala do peludinho, o que levar?

Faça uma mala para seu peludo

Itens de higiene, alimentação e lazer são essenciais para garantir férias tranquilas e divertidas não só para você mas para seu peludo também! Mas nem todo mundo se atenta da importância de preparar uma mala especialmente para o peludo da casa. Alguns itens são necessários para o bem-estar dele durante todo o passeio.

Sem fome ou sede no caminho

Todo mundo quando prepara as malas, já deixa logo em mãos um pacotinho com amendoim, biscoitos, água e suco já pensando em comer no caminho. Mas como fica o cachorrinho nessa história?
Existe uma lancheira canina, chamada cãotil e foi desenvolvida para proporcionar aos donos mais praticidade e segurança ao carregar água e alimento para o cachorro durante passeios ou viagens. O cãotil é composto por dois compartimentos separados, para o armazenamento de água e ração ou petiscos.

 

 

 

Existem vários sites de pet shop que você pode encontrar um Cãotil, um deles é o www.hvashop.com.br.

 Água fresca durante a estadia

Outra coisa que não pode faltar é uma fonte bebedouro, que garante água fresca e limpa para cães e gatos durante todo o dia. Levar um cantil também é importante, pois provavelmente você passará o dia fora e o seu peludo não poderá ficar tanto tempo sem se hidratar. Aliás, leve um cantil para você também!

Xixi e cocô no lugar certo

A mudança de ambiente pode deixar o animal inseguro quanto ao lugar certo de fazer as necessidades. Para evitar que o peludinho faça sujeira em locais inapropriados, o ideal é “levar o banheiro dele” na viagem. Existem vários produtos no mercado, mas os tapetes higiênicos são os mais práticos para você levar na viajem.

 

 

 

Aqui temos o exemplo de um tapete com grade e um modelo grama. Você encontra esse modelo da imagem ao lado aqui na www.furacaopet.com.br

 

 

Hora da diversão

E já que a viagem é sinônimo de diversão, o cachorro também precisa de brinquedos para se distrair. Leve bolinhas, ossinhos, cordinhas, bichinhos de pelúcia e tudo o que ele mais gosta de brincar em casa. O ideal é o que ambiente seja o mais familiar possível para evitar transtornos de ansiedade.

E não esqueça, na hora dos passeios externos, sempre o leve em uma guia e uma coleira ou peitoral. Se está na dúvida sobre qual é a melhor para seu peludo, confira aqui nossas dicas sobre como escolher uma.

Além disso, um item fundamental é a plaquinha de identificação. Se seu melhor amigo estiver sem nenhuma, veja aqui como improvisar uma, mas não saia de casa sem ele estar identificado! Em um lugar diferente com vários estímulos externos para ele, o pior pode acontecer. Você não quer viajar e se perder do seu peludo, quer?

Já que o assunto é identificação, se você tem filhos pequenos e vai para um local movimentado, identifique-os também. Faça um pulseira com seu nome e telefone celular, afinal, segurança nunca é demais!

Hora da soneca

E depois de muita diversão, a hora de dormir também precisa de cuidados especiais. É importante levar a caminha à qual seu cachorro já esteja acostumado. Sentir o cheiro familiar de itens que fazem parte da rotina dele o ajudarão a se sentir mais confortável e protegido no novo ambiente.

Uma dica muito legal que recebemos do sócio-diretor da Furacão Pet é: antes de se hospedar em qualquer lugar com seu peludo, busque indicação de um médico veterinário que atenda na região. Assim você ficará mais seguro caso surja qualquer eventualidade no passeio.

Importante: antes de pôr o pé na estrada com seu peludo, consulte o médico veterinário dele. Nem todos os cachorros ou gatos estão com a saúde em condições de viajar. Muitos animais ficam muito estressados e para eles não é diversão, é terrorismo. Converse com o veterinário, veja o que ele sugere. Em alguns casos são indicados tranquilizantes, já em outros, a indicação é que ele não pode viajar. Caso ele não possa ir, mas você queira passear com a família, conheça a PetRoomie, eles cuidam do seu peludo enquanto você viaja.

E aí, faltou alguma coisa na mala?

Vai viajar? Conta pra gente pra onde você vai! Se tiver fotos dos peludos curtindo umas férias, manda pra gente no: contato@amigonaosecompra.com.br que vamos replicar nas redes sociais!

Espero que tenham gostado do post de hoje!

Semana que vem a gente volta com mais dicas e cuidados para vocês, até lá!

Banner Amigo adotar

Leave a Reply

1 Comentário

  1. Adorei as dicas, os cuidados com o cachorro no carro são fundamentais. Parabéns pelas dicas.

Next Article6 coisas que aprendi com minha gata