Veja o que fazer com os gatos durante a gravidez

Se você está grávida ou planeja ter um bebê e tem dúvidas sobre como seria ter gato, cachorro e um bebê em casa, esse post é pra você.

Hoje convidamos uma amiga para contar sua história. Ela se chama Pamela, é casada e já tinha uns gatinhos em casa, até aí, tudo bem. Mas tudo mudou quando a Pamela engravidou. Mas não mudou na casa dela não, mudou na forma como as pessoas a olhavam, afinal, ela estava grávida e tinha dois gatos e um cachorro, como um bebê pode conviver com tantos bichos?

Convivo com gatos desde criança, meus pais sempre me ensinaram a ter amor pelos animais. No momento tenho três gatos em casa, fora alguns agregados da rua que aparecem as vezes e eu alimento também.

Quando descobri que estava grávida começaram comentários do tipo: “você tem que dar fim nos gatos porque eles podem passar doenças para o bebê.” Inclusive ouvi isso do médico responsável pelo meu pré-natal, mas jamais faria isso! Jamais passou pela minha cabeça abandonar meus bichos e até mesmo meu marido que não é muito fã de gatos, disse que não iríamos abandonar nossos bichanos.

E como foi que a família e os amigos reagiram com a gravidez e a convivência com os animais?

Na minha família foi normal, pois fui criada rodeada de mascotes, então ninguém estranhou o fato. 

Mas alguns “amigos” me criticaram bastante, principalmente quando viam alguns deles dormindo em cima da minha barriga (risos) falavam que eu era louca de ficar tão perto de gatos!

Eles sempre dormiram na minha cama e quando eu falava isso, para alguns eu estava dando mais amor aos meus gatos do que para minha filha! Eu não ligava, minha família sempre esteve ao meu lado e meu marido também!

Minha gravidez foi mega saudável, não tive problema algum, só precisei ir ao hospital no dia que minha filha nasceu. Não tive dores, infecção de urina, enjoos, nada, absolutamente nada!

E antes da Maria chegar, as coisas já arrumadas, berço, carrinho, os gatinhos já deviam estar fazendo a festa né? Como as pessoas estavam vendo isso?

bebê

Gatinho Tiger cuidando da Maria.

Era tudo uma grande festa!!! (risos) O berço virou a cama deles, eu nem ligava, mas algumas pessoas chegaram a me chamar de PORCA por permitir que eles ficassem em meu quarto!

Eu fui muito criticada sim, mas vou ser sincera, se a gente for ligar para as opiniões sem noção que recebemos, a gente enlouquece. Eu sei que sempre cuidei bem da minha casa e principalmente das coisas da minha filha, meus gatos são limpinhos e saudáveis. Não tinha motivo para levar a serio o que eles diziam. Meu marido que mora comigo nunca reclamou, não ia ouvir pessoas que não convivem comigo.

Claro que eu ficava chateada com alguns comentários, principalmente com minhas colegas de trabalho, porque foram delas que ouvi os piores comentários, os mais chatos. Mas resolvi levar na boa, pois sabia que tudo que eu sentia iria afetar minha pequena.

E como foi quando a Maria chegou?

Foi lindo! Antes de eu saber que estava grávida eu tinha somente dois gatos, o Magrelo e o Bimbo, mas quando eu estava de 7 para 8 meses, minha mãe salvou o Tiger da rua e me trouxe. Ele era tão miudinho, só tinha pele, osso e barriga , estava bem judiado, mas desde o primeiro momento ele demonstrou um carinho, um apego pela minha barriga. Ele só queria ficar em cima dela, chegava a lamber, eu pensava que era gratidão, amor por mim, mas já era amor dele pela Maria!

mariaandcats

Maria com os gatinhos Magrelo, Bimbo e Tiger.

Quando eu cheguei do hospital ele foi o primeiro a se aproximar! Os outros ainda levaram um tempo para chegarem perto dela, mas o Tiger foi muito fofo, só chegava perto dela ronronando e dava umas cabeçadinhas nela. Eu colocava ela no berço e ele fazia de tudo pra subir! Chegou a rasgar o mosqueteiro!
O mais engraçado é que quando ela chorava, se ele estivesse por perto, ele começava a miar, talvez tentando me avisar que o bebê estava chorando. Ele cuidava dela!

Confesso que no começo eu fiquei com um pouquinho de medo, de ele sem querer machucá-la, mas aos poucos vi que isso não iria acontecer. Maria não estranhou a aproximação dele, tanto que a primeira palavra que ela disse foi gato (risos) ninguém acredita, mas foi!

mariaetiger

Maria e Tiger dormem juntos desde sempre.

Quando ela começou a fazer gracinhas, a engatinhar a felicidade dela era ver os gatinhos. Ela passa o dia chamando os gatinhos dela! E não pode ver um gato na rua que vai chamando: “mamãe gatinho, mamãe gatinho!”
Agora ela já está com 1 ano e 8 meses e também gosta muito de cachorros. Tenho um aqui em casa chamado Spike, quando ela vai almoçar ou comer qualquer coisa ele não sai de perto dela porque ela sempre da comida pra ele, dá uma mordidinha e joga um pedaço pra ele. Ela é muito carinhosa com todos os bichinhos!
 
As vezes o Spike corre atrás dos gatos, nunca machucou nenhum deles, mas quando ela vê, fica gritando “não paik , não paik!” (risos) Ela não gosta. É uma farra, a Maria brinca com eles o dia todo. As vezes faço bolinhas de papel para ela jogar para os gatos brincarem, imagina as gargalhadas que ela dá quando joga as bolinhas e eles pegarem?

Espero que outras futuras mamães não tenham medo de deixar seus bebês juntos dos bebês peludos. Penso que se a possibilidade do abandono passa pela cabeça da pessoa, é porque realmente a pessoa não tem amor pelo bichinho. Sempre tem um jeito, menos o abandono. Animais são amor, melhor companhia para uma criança!

E assim, formamos uma nova geração. Uma geração que ama e respeita os animais. Essa mesma geração também vai cuidar e respeitar toda natureza, vai cuidar do nosso planeta!

A Pamela teve o exemplo em casa e já está passando para sua filha, mesmo com tantas críticas desnecessárias de pessoas mal informadas, ela segue firme no bom exemplo. Melhor que falar sobre proteção, é mostrar como se faz.

Claro, já ia esquecendo de responder a pergunta! O que devemos fazer com os gatos durante a gravidez? Devemos amar, cuidar e respeitar!

E você já passou por situação parecida? Conta pra gente aqui nos comentários!

Espero que tenham gostado do post de hoje!
Semana que vem a gente volta com mais dicas e cuidados, até lá! 🐱

 Banner Amigo adotar

Leave a Reply

Next ArticleAdote pelo Amigo e ganhe um brinde Cat Club