Seu pet bebe pouca água? O problema pode estar no bebedouro

Que a água é fundamental todo mundo sabe, mas que o bebedouro pode influenciar na quantidade de água que seu peludinho bebe, poucas pessoas reparam. Fique com a gente até o final e descubra por que seu pet bebe pouca água!

Os animais, assim como nós, precisam beber água com frequência mas se o bebedouro não for adequado ao seu porte pode gerar uma série de problemas isso sem falar no material: alguns causam até doenças.

 

Qualidade da água

drip-101069_1280Antes de a gente começar a falar sobre os tipos de bebedouros, acho importante falarmos sobre a qualidade da água.

Se eu te oferecer uma água que está no copo há dois dias certamente você sentirá um gosto estranho, então troque a água do seu peludinho todos os dias.

A água deve ser filtrada ou fervida como fazemos com a nossa e os bebedouros devem ser lavados a cada troca de água com sabão neutro e esponja.

Não esqueça de que a água do seu fofuxo fica no chão ou em local bem baixo, então mesmo a trocando todos os dias verifique se não está suja com poeira, fios de cabelo ou pelo, pequenos insetos como mosca ou mosquitos… e o mais importante: se ele não derrubou e está com o potinho vazio.

 

Quantos bebedouros ter em casa

dogA quantidade de bebedouros vai depender muito de quantos animais você tem, mas uma coisa é certa: tenha vários espalhados por todos os lugares.

Digamos que você tenha apenas dois animais em casa, o legal seria ter no mínimo dois bebedouros. Alguns peludinhos são muito territorialistas e um animal pode escolher o bebedouro como seu e não deixar o outro usar. Se isso acontecer, o outro ficará até com medo de ir beber água e apanhar.

Os bebedouros devem ficar espalhados em lugares distintos pela casa e nunca perto do comedouro ou no caso dos gatos, próximo a caixinha de areia. Não se deve colocar água próximo à comida pois no processo de evaporação a ração absorve a umidade e ao ficar úmida faz com que o animal perca o interesse em comer.

Prestar atenção se água fica em contato com o sol também é importante. A água exposta o dia todo no sol fica com gosto ruim e eles podem não querer beber, principalmente se seu peludinho for um gato, que costumam ser mais exigentes.

 

Material do bebedouro

cat

Tão importante quanto escolher o tipo de bebedouro é escolher o material, principalmente se seu pet for um gato. Dependendo do material utilizado o gato pode contrair acne felina (que são pequenos pontos pretos no queixo ou lábio inferior, que posteriormente formam feridinhas, queda de pelos e até mesmo pus, é dolorido e até sangra. Se você notar uma sujeirinha no queixo do seu gato leve ao veterinário. Stress, disfunção hormonal e higiene também estão relacionados a acne felina, mas os potes plásticos são os verdadeiros campeões).

Em todas as pet shops é quase unanime que os bebedouros sejam em plástico, mas este é o pior material que invetaram para essa finalidade.

O plástico contém uma substância chamada bisfenol A (BPA), o contato a longo prazo pode causar danos entre outros órgãos, os rins, fígados e glândulas mamárias. Há ainda possíveis efeitos no sistema reprodutivo, nervoso, imunológico, metabólico e cardiovascular. Não é algo que assim que tenhamos contato possamos ter problemas, mas é algo que precisamos estar atentos. Não há um estudo que comprove esses mesmos riscos a saúde do animal como acontece com a gente, mas falando como quem tem um peludinho em casa, prefiro não arriscar.

Os materiais plásticos com o tempo ganham arranhaduras e essas arranhaduras acumulam fungos e bactérias o que pode causar doenças nos peludinhos.

Nesse momento você deve estar se perguntando: “Onde posso servir água afinal?”
Utilize potes em vidros, bamboo, inox ou mesmo barro. 

 

Escolhendo o bebedouro ideal

Agora que você já sabe tudo sobre a importância em se manter uma boa qualidade da água, quantos bebedouros deve ter em casa e quais materiais não comprar, chegou a hora de escolher o modelo apropriado para cada tipo de animal.

Se seu peludinho for de porte grande como um labrador, vai precisar de um bebedouro que fique no alto e não no chão. Por ser grande ele pode sentir um incomodo ao ter que se abaixar todas as vezes que sentir sede. Se puder já compre um que seja alto, ou improvise colocando o bebedouro comum em uma pilha de tijolos, um banco ou cadeira.

Veja abaixo exemplo de um bebedouro para cães de grande porte. Este ainda é regulável, caso tenha animais de tamanhos diferentes. Você pode comprá-lo aqui.

bebedouro

 

Esse além de bonito, ainda conta com um espaço para armazenar a ração do seu filhote.

 

Cães de pequeno porte também precisam ter seus bebedouros adaptados. Tudo para que se sintam mais confortáveis fazendo assim, com que bebam mais água. Esse modelo você encontra aqui.

GRD_3556_comedouro1

 

Esse é um modelo clássico, todo em inox e você encontra aqui.

2989_1_20130910174016

 

Não esqueça de levar um bebedouro portátil nas caminhadas, principalmente em dias quentes e quando forem passar longos períodos fora de casa. Esse modelo você encontra aqui

bebedouro-para-cachorro-01-700x490

 

Eu indicaria que esses bebedouros que são acoplados com comedouros a vocês utilizarem apenas para água e um outro somente para comida pelos motivos citados lá em cima.

 

Incentive seu pet a beber água

 

E quem não gosta de uma água fresquinha? No verão então, nem se fala!

Existem algumas coisas que você pode fazer para que eles bebam mais água. Uma dica bem legal esta nesse vídeo acima, uma pedra de gelo desse tamanho vai durar bastante e manter a água fresca pelo resto do dia. Mas você ainda pode:

  • Trocar a água diariamente, mesmo se ainda tiver água no potinho
  • Colocar pedrinhas de gelo na água (diferentemente do vídeo acima onde demos o exemplo de uma big pedra de gelo)
  • Espalhe potes de água pela casa, principalmente nos lugares que eles mais gostam de ficar

 

Especial sobre gatos

Cães também amam uma fonte, você pode fazer com potes bem grandes para eles mas os gatos, esses tem verdadeira adoração por uma água corrente.

Com certeza seu gatinho já tentou beber água na torneira da pia, do tanque ou no banheiro. A água corrente é sempre fresca e eles realmente amam isso. Essas fontes nas pet shops costumam ser caríssimas e essa caseira tem o mesmo efeito e são muito baratas.

Gatos não gostam quando suas vibrissas (bigodes) encostam na água, por isso utilize potinhos largos, evitando assim que isso aconteça.

Ofereça ração úmida, pois estas também contém água e ajuda no sistema urinário. Converse com seu veterinário de confiança sobre a mais adequada ao seu gatinho.

Gatos tem fortes tendências a terem problemas renais, por isso tenha sempre o triplo de potes de água em relação ao número de gatos e observe os locais onde bebem mais água. Quantos mais potinhos de água tiver mais chances do seu fofuxo se hidratar.

Água é fonte de vida! Beba muita água, ofereça água aos seus peludinhos!

E aí, gostou do nosso post? Deixe suas dúvidas e experiências nos comentários. Semana que vem a gente volta com mais dicas e cuidados pra vocês, até lá! 🍹

 

Fonte: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/substancia-encontrada-no-plastico-pode-ser-toxica 

 

Banner Amigo ajudar

Leave a Reply

7 Comentários

  1. Pingback: Amigo Não se CompraAprenda a cuidar de um animal idoso

  2. Bom dia.
    Estava assistindo agora a fonte para animais,ótima ideia em questão da agua não fica parada mas acaba sendo uma agua reutilizada varias vezes com saliva dos animais então ela só ajuda em chamar a atenção deles mas a troca deve ser feita diariamente… Pois não e uma agua corrente ne pessoal….
    Abraços

    • Fabiana Xavier

      Sim Paty!
      A fonte serve para instigar os animais a beber mais água mas os cuidados de higiene devem ser mantidos. A água precisa ser trocada diariamente e o recipiente deve ser lavado com uma esponja ou bucha e sabão neutro.
      Outra coisa, essa bombinha de aquário utilizada para a fonte não é filtro, então, deve-se sempre utilizar água própria para consumo seja filtrada, fervida, mineral, como a pessoa desejar mas sempre própria para consumo.
      Muito boa sua observação!
      Abraços! :)

  3. Pingback: Doenças silenciosas e os pets, como identificar?

  4. Ana Maria Rabitto Muchalski

    Tenho uma poodle de 14 anos que quando vai tomar água coloca as patas dentro do pote e começa a cavar jogando a água fora, fazendo uma bagunça. Já levantei os potes mas ela fica se equilibrando e coloca as patinhas na água. Ah ela está meio cega e toma água pelo beirada do pote, dá a impressão que ela tenta ver o nível dá água. será que podem me ajudar com essa bagunça , molhadeira que ela faz?

    • Fabiana Xavier

      Olá, Ana!

      É comum em animais mais idosinhos iniciar o processo de baixa visão e perda do faro. Sim, é bem possível que ela coloque a patinha para ter noção da quantidade de água e sentir a temperatura.
      Você já tentou o bebedouro automático? Daqueles que vai liberando a água aos poucos de acordo com a quantidade que o animal vai bebendo? Pode ser uma solução.

      Um abraço! :)

  5. Pingback: Veja como escolher o bebedouro ideal para o seu gato

Next ArticleFaça você mesmo: Brinquedos para divertir seu gatinho (parte II)